imagem Camilo Santana, governador do Ceará pelo PT, ignora quase 500 homicídios no primeiro mês do ano

cearamortes